Influence of the primer in an alternative ethanol bonding approach






Autores: Sara Nogueira Ribeiro, Rui Fabiano, Filipa Chasqueira, Jaime Portugal, Ana Pequeno
Instituição: Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa
Valor da bolsa: 200.00€
Apresentação durante o evento CED-IADR/NOF Oral Health Research Congress em Viena, Áustria | 2017-09-21

Resumo:
Objetivos:
avaliar as forças de adesão imediatas à dentina, através de testes de microtração (μTBS), produzidas através de uma abordagem experimental da técnica de ethanol-wet bonding (EWB); e clarificar a influência de um primer experimental na performance in vitro do EWB.

Métodos:
A partir de quinze molares íntegros e recentemente extraídos foram obtidos segmentos de coroa através da exposição da dentina média. As superfícies dentinárias foram sujeitas a condicionamento ácido (ácido fosfórico 37%, 15 segundos) e distribuídas por três grupos (n=5) de acordo com a técnica adesiva:
1) WWB (grupo de controlo): primer [Adper Scotchbond MultipurposeTM (SBMP) - (3M ESPE)] aplicado de acordo com as instruções do fabricante;
2) EWB-w/P: aplicação de concentrações crescentes de etanol (70% e 96%, 30 segundos cada), seguido da aplicação de um primer experimental hidrofóbico obtido pela diluição do adesivo do sistema adesivo acima descrito em álcool a 96%.
3) EWB-w/o-P: igual ao procedimento descrito em 2), mas sem a aplicação de primer experimental.
Após os procedimentos supra descritos, o adesivo de um sistema etch-and-rinse de 3 passos (SBMP) foi aplicado em todos os grupos e fotopolimerizado durante 20 segundos.
Os segmentos de coroa foram restaurados em resina composta (Herculite™ XRV Ultra™ Dentine, Kerr Italia S.r.I., Scafati (SA), Italy) aplicada em incrementos de 2 mm até atingir 6 mm de altura: cada camada foi polimerizada por 40 segundos e, no final, foi feita polimerização adicional de 40 segundos em cada uma das faces mesial, distal, vestibular e lingual.
Após armazenamento em água destilada (24 h / 37°C), os espécimes foram seccionados de forma a obter palitos (1 mm2).
A μTBS foi medida numa máquina de teste universal (Instron) a uma velocidade de 1mm/min até ocorrer fratura. Os resultados foram analisados estatisticamente através de one-way ANOVA e pelo teste de Tukey (alfa=0.05).

Resultados:
A média da μTBS e o desvio-padrão observados foram:
WWB – 25.7±5.36 MPa; EWB-w/P – 27.2±11.9 MPa; EWB-w/o-P - 2.5±0.35 MPa.
Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre EWB-w/P e WWB (p=0.945). EWB-w/o-P exibiu uma μTBS estatisticamente inferior que os outros dois grupos (p=0.001).

Conclusões: Dentro das limitações deste estudo, pode concluir-se que a abordagem experimental da técnica de ethanol-wet bonding (EWB) apresentou uma performance similar ao gold standard, se um primer experimental for utilizado


expandir

Anexos disponíveis

pdf 2.23 MB | Bolsa: poster ou comunicação oral

Patrocinadores:

Imprimir
Bolsa de Apoio à Investigação 2018 Patrocínio Científico SPEMD Parcerias SPEMD Formação SPEMD Revista SPEMD Comemorações de Santa Apolónia 2019 XXXIX Congresso Anual da SPEMD
Agenda
mar
16

Eventos

Comemorações de Santa Apolónia 2019

Mafra (Hotel a definir)

Junte-se a nós no Facebook e no Instagram
© 2000-2018. Todos os direitos reservados
Termos e Condições